As notícias que você precisa saber para começar o seu dia

Compartilhe:

PF diz a Bolsonaro que ainda não identificou terceiros em atentado

O presidente da República, Jair Bolsonaro
O presidente da República, Jair BolsonaroFoto: Adriano Machado / Reuters

Em reunião realizada nesta segunda-feira, 25, a Polícia Federal informou ao presidente Jair Bolsonaro que, até agora, não há evidência da participação de outras pessoas além de Adélio Bispo no atentado cometido contra o presidente em setembro. A PF explicou que o inquérito ainda está em andamento. Falta concluir a análise dos materiais apreendidos com um advogado do autor do ataque sofrido por Bolsonaro em setembro.

MEC pede que escolas toquem hino e leiam carta com slogan de Bolsonaro; advogados criticam

Vélez Rodríguez assina mensagem que MEC pede a diretores que leiam aos alunos e funcionários
Vélez Rodríguez assina mensagem que MEC pede a diretores que leiam aos alunos e funcionáriosFoto: ABR / BBC News Brasil

O Ministério da Educação (MEC) enviou um comunicado para diretores de escolas do País pedindo que, “no primeiro da volta às aulas”, os alunos sejam perfilados para a execução do hino nacional e a leitura de uma carta do ministro Ricardo Vélez Rodríguez. O texto se encerra com o slogan da campanha eleitoral do presidente Jair Bolsonaro (PSL), “Brasil acima de tudo. Deus acima de todos“.

Grêmio bate Veranópolis e garante vaga no mata-mata do Gauchão

Marinho foi o destaque do Grêmio em mais uma vitória do time no Gauchão (Foto: Raul Pereira/Fotoarena)
Marinho foi o destaque do Grêmio em mais uma vitória do time no Gauchão (Foto: Raul Pereira/Fotoarena)Foto: LANCE!

Na noite desta segunda-feira, o Grêmio confirmou o favoritismo diante do Veranópolis ao derrotar o adversário por 2 a 0. Com o resultado, o Tricolor chegou aos 20 pontos e, além de manter a liderança, garantiu uma vaga nas quartas de final do Gauchão.

Alesp: Servidores doaram mais de R$ 100 mil para presidente da Casa

Na foto o governador eleito João Doria e o deputado Cauê Macris durante Cerimônia de Posse realizada na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo
Na foto o governador eleito João Doria e o deputado Cauê Macris durante Cerimônia de Posse realizada na Assembleia Legislativa do Estado de São PauloFoto: JALES VALQUER/FRAMEPHOTO / Estadão Conteúdo

Nove funcionários comissionados da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), entre assessores, diretores e até o secretário-geral de administração, doaram, juntos, R$ 103,5 mil para a campanha à reeleição do presidente da Casa, Cauê Macris (PSDB). O tucano é o favorito para vencer a eleição da Mesa Diretora no dia 15 de março e comandar o Legislativo por mais dois anos.

Presidente do PSDB paulista renuncia e critica Doria e Covas

Presidente estadual do PSDB paulista, o deputado estadual Pedro Tobias surpreendeu o partido na noite dessa segunda-feira, 25, e apresentou sua carta de renúncia durante uma reunião da executiva da sigla na capital. Seu substituto será o ex-deputado Miguel Haddad, que é o 1° vice presidente do partido.

Câmara cria comissão sobre violência contra as mulheres

Plenário da Câmara dos Deputados20/09/2017
REUTERS/Ueslei Marcelino
Plenário da Câmara dos Deputados 20/09/2017 REUTERS/Ueslei MarcelinoFoto: Reuters

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou requerimento nesta segunda-feira (25) para criar uma comissão externa com o objetivo de acompanhar os casos de violência contra a mulher no país. Segundo a autora do requerimento, a deputada federal Flávia Arruda (PR-DF), a comissão visitará os cinco estados que mais registram esse tipo de ocorrência: São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia e Mato Grosso do Sul, além do Distrito Federal.

Barroso manda reinterrogar ex-capitão da Guarda Presidencial

Foto: Jornal do Brasil

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo, julgou parcialmente procedente a Reclamação 30.799/DF, declarando a nulidade de sentença condenatória e acórdão da Justiça Militar, além de determinar novo interrogatório do capitão da reserva do Exército Amable Alejandro Traviesa Zaragoza Neto. O ministro acolheu argumentos da defesa segundo a qual a Justiça Militar havia “desrespeitado” decisão do Supremo que impõe o interrogatório dos acusados como último ato probatório.

Grupo de Lima quer levar Maduro à Corte Penal Internacional

Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro durante discurso em Caracas no sábado (23/02/2019)
Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro durante discurso em Caracas no sábado (23/02/2019)Foto: Manaure Quintero / Reuters

O Grupo de Lima pediu nesta segunda-feira, 25, ao Tribunal Penal Internacional (TPI) para que “leve em consideração a grave situação da Venezuela e a negação do acesso à assistência humanitária” por parte do governo de Nicolás Maduro, que assim cometeria um “crime contra a humanidade“.

Transferência de líderes do PCC foi eficaz, diz Moro

O ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sérgio Moro
O ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sérgio MoroFoto: MATEUS BONOMI/AGIF / Estadão Conteúdo

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, destacou a transferência de líderes do Primeiro Comando da Capital (PCC) de unidades prisionais de São Paulo para presídios federais, como sendo uma nova forma de atuação do executivo diante de organizações criminosas.

Fonte: Terra.