Criança de 8 anos internada com meningite morre no Huop

Compartilhe:

A criança de 8 aos que estava internada no Hospital Universitário do Oeste do Paraná (Huop) em Cascavel desde o último fim de semana, após ser transferida de Corbélia com um quadro de meningite bacteriana, morreu na manhã desta quinta-feira (16). A informação foi confirmada pelo chefe do setor de vigilância em Saúde da 10ª Regional de Saúde de Cascavel, Dejaime de Souza.

Ele explicou que se tratava de um caso muito grave e que infelizmente acabou resultando na morte da criança. “A criança deu entrada no Hospital de Corbélia no sábado (11), onde foram coletados exames que diagnosticaram com meningite bacteriana e então ocorreu o encaminhamento para o Huop”, diz.

Ele também cometa que no caso da meningite bacteriana não ocorre transmissão entre pessoas, e sim, a bactéria já existe no organismo, o que acontece é que em algumas pessoas ela desenvolve e em outras, não.

Mesmo assim, a vacinação continua sendo muito importante. “Temos vacinas para três tipos de meningites e é muito importante que os pais mantenham as crianças vacinadas. E, é sempre bom explicar, que mesmo vacinadas, existem casos que não desenvolvem a imunidade e a doença vai se desenvolver. Mas, a vacina é ainda a melhor forma de prevenção”.

Apenas em 2018 a 10ª Regional de Saúde já registrou 10 casos de meningite, em 9 municípios dos 25 que a integram. Três mortes foram registradas.

Fonte: MassaNews / Cristiane Guimarães/André Garcia/Rede Massa