Em projeto de intercâmbio, Cresol Conexão recebe cooperativas do Equador

Compartilhe:

O encontro teve duração de quatro dias e possibilitou trocas de informação e qualificação técnica

Entre os dias 22 e 25 de novembro, foi realizada uma imersão com integrantes das cooperativas FINANCOOP e CACMU, do Equador, na Central Cresol Baser, em Francisco Beltrão/PR. Com o objetivo de fortalecer as relações de parceria e a frente de trabalho com a Agri-agência no desenvolvimento do cooperativismo equatoriano, por meio da troca de experiências.

Esse é o terceiro ano de projeto que tem como foco a inclusão financeira de jovens e mulheres. Financiado pela Agência Francesa de Desenvolvimento e captado pela Agri-agência, o projeto tem cooperativas do Equador como beneficiárias, por meio da aliança Agricor. Entre as entregas realizadas pela Cresol, estão os processos de educação, trilhas de comunicação e conteúdos de profissionalização, junto às equipes internas.

Durante a visita, as áreas de Risco, Carteira, Gente & Gestão, Comunicação e Negócios, trabalharam como é o dia a dia e a criação de produtos e serviços disponibilizados às cooperativas singulares.

No dia 24, foi realizado o lançamento da turma de Jovens Lideranças, com mais de 100 jovens das cooperativas do Equador e liderado através da coordenação equatoriana, com a entrega de todo o programa e grade de educação pelo Cresol Instituto.

Na imersão, também foi realizado o seminário “Finanças Sustentáveis”, que caracteriza a carteira dentro de uma estratégia ESG, qualificando o crédito de forma eficiente em toda a estratégia ambiental, de forma que fortaleça também o uso de energias renováveis através do uso de placas solares.

Os visitantes também estiveram presentes na cooperativa Cresol Conexão, com sede em Medianeira/PR, onde puderam conhecer propriedades rurais com modelo de gestão diversificada, sustentável e com sucessão familiar.

Para o Presidente Adenilson Zanelatto, o intercâmbio rendeu bons momentos de trocas de informações e levou cases do Oeste do Paraná para fora do país. “Trocar informações por meio desse projeto de intercooperação possibilita momentos muito especiais e aqui eles puderam conhecer mais o modelo cooperativista da Cresol e a interação entre cooperativa e Cooperado, processos, negociações e quais soluções financeiras conseguimos entregar. A nossa equipe esteve mobilizada nessa acolhida e pudemos mostrar cases do Oeste do Paraná para as Cooperativas do Equador”, enfatizou.

O responsável pelo Infocos Agri-agência na Cresol, José Carlos Vandresen, destacou a importância do momento de troca. “Para nós, da equipe da Agri-agência enquanto Cresol, a visita dos equatorianos é parte do nosso compromisso de desenvolver tecnologias sociais e apoiar as estratégias de negócios e operacionais das cooperativas do Equador. Também fortalecem a cooperação e intercooperação, além da política e das estratégias das cooperativas nos espaços, melhorando a vida das pessoas, melhorando a vida de cada um dos cooperados”.

Alzimiro Thomé, presidente da Central Cresol Baser, também destacou o momento de imersão com o grupo. “Esses momentos de trocas e qualificações nos mostram o quanto nosso trabalho da resultados. É uma forma de ver que a Cresol é um grande e bom exemplo em muitas das suas realizações, além de ser uma forma de podermos cumprir com o nosso objetivo de poder fazer a diferença no cooperativismo como um todo e não apenas enquanto Cresol”.

 

Fonte/imagens: Cresol costa oeste.