Polícia Ambiental de Santa Helena intensifica fiscalizações e alerta para período de piracema

Compartilhe:

Desde o dia 1° de novembro de 2018 quando se deu início ao período de piracema, os trabalhos de fiscalização por terra e embarcado estão sendo intensificados no lago de itaipu e seguem até o dia 28 de fevereiro de 2019.

Contudo, embarcações, materiais de pesca e peixes estão sendo apreendidos semanalmente pela Polícia Militar Ambiental. Os policiais alertam para as consequências a quem for flagrado descumprindo as normas vigentes, que vai de multa à prisão.

A pessoa que for flagrada pescando em desacordo com as restrições determinadas pela portaria será enquadrada na lei de crimes ambientais. A multa é de aproximadamente R$700,00 por pescador e mais de R$20,00 por quilo de peixe pescado e pode ser presa. Além disso, os materiais de pesca como varas, redes e embarcações, poderão ser apreendidos pelos fiscais.

Além da pesca, o transporte e a comercialização também estão sendo fiscalizados.

Operação Verão

A Polícia Militar Ambiental, 4º Pelotão de Santa Helena, informa que até o dia 10 de março de 2019 participa da Operação Verão. Nesse período os trabalhos de patrulhamento aquático e terrestre contam com duas equipes de patrulheiros durante a semana e aos finais de semana o efetivo é dobrado.

A fiscalização embarcado ocorre em toda área do reservatório de itaipu, que se estende do município de Foz do Iguaçu à Mundo Novo/MS.

Fonte: Guia SMI- Correio do Lago