Whatsapp limita o encaminhamento de mensagens

Compartilhe:

Aplicativo permitirá que usuário escolha um destinatário por vez. Medida foi criada para barrar envio de fake news pela rede social

O Whatsapp só vai permitir que os usuários encaminhem uma mensagem por vez. A medida foi anunciada nesta terça-feira (7) e foi tomada para evitar a divulgação de fake news pela rede social durante a pandemia de coronavírus.

Por meio de nota, o Whatsapp informa que passa a usar a sinalização de setas duplas para indicar que a mensagem recebida não foi criada por quem a enviou.

“Geralmente, as mensagens encaminhadas muitas vezes podem conter informações falsas e não são tão pessoais quanto as mensagens típicas enviadas pelos seus contatos no WhatsApp. Agora, atualizamos o limite de encaminhamento para que essas mensagens só possam ser encaminhadas para uma conversa por vez.”

O Whatsapp, que pertence ao Facebook, ainda destacou na nota que o envio de mensagens é algo positivo, no entanto, houve um aumento de encaminhamentos neste período:

“Sabemos que muitos usuários encaminham informações úteis, vídeos divertidos, pensamentos ou orações que têm um significado especial e pessoal para seus contatos. Nas últimas semanas, muitas pessoas em todo o mundo também têm usado o WhatsApp para organizar homenagens aos profissionais de saúde que estão trabalhando na linha de frente no combate à pandemia, por exemplo. Entretanto, temos visto um aumento significante na quantidade de mensagens encaminhadas que, de acordo com nossos usuários, podem contribuir para a disseminação de boatos e informações falsas. Acreditamos que é importante desacelerar a disseminação de mensagens encaminhadas para que o WhatsApp continue sendo um espaço seguro para conversas pessoais.”