Coronavírus: Governo do Paraná lança pacote econômico de quase R$ 1 bilhão para empresas e autônomos

Compartilhe:

Pacote prevê linhas de financiamento para empresas que não demitirem funcionários durante período de isolamento social.

O Governo do Paraná anunciou, nesta sexta-feira (27), um pacote econômico de quase R$ 1 bilhão em linhas de financiamento para autônomos, micro, pequenas e médias empresas do estado.

Os fundos são destinados para empresas que não demitirem funcionários durante o período de contenção do coronavírus no estado.

“É um pacote de proteção e manutenção do emprego. As empresas que captarem estes recursos têm a obrigação de manter seus empregos. Queremos ter o menor prejuízo possível para estas pessoas”, afirmou o governador Ratinho Júnior (PSD).

Na quinta-feira, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) informou que o Paraná tinha 106 casos confirmados de coronavírus.

Nesta sexta-feira, foram anunciadas três linhas de crédito:

  • R$ 120 milhões para MEI, micro e pequenas empresas: créditos de R$ 1,5 mil a R$ 6 mil.
  • R$ 160 milhões para pequenas e médias empresas: créditos de R$ 6 mil a R$ 200 mil.
  • R$ 690 milhões para empresas maiores: créditos acima de R$ 200 mil.

A estimativa do governo do estado é que cerca de 40 mil empresas sejam atendidas pelas três linhas de crédito.

Os fundos serão geridos pela Fomento Paraná e pelo BRDE.

“Nós queremos que as pessoas, neste momento de crise, tenham a capacidade de tocar 60 ou 90 dias da sua vida até que o mundo volte à sua normalidade”, afirmou.